Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
7
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Carlos Rodrigues

Bilhete Postal

A forma caótica como decorreu a chegada do avião de Moçambique (e que pode testemunhar no seu CM) envergonha o Estado português.

Carlos Rodrigues(carlosrodrigues@cmjornal.pt) 6 de Dezembro de 2021 às 00:33
Sales, o ajudante de Temido, declara-se "muito preocupado" com a "tendência crescente" da pandemia. Agora, o Governo tenta corrigir a rota e acelerar a nova dose da vacina, de forma a atingir níveis aceitáveis antes do Natal e do Fim de Ano.

É caso para dizer que mais vale tarde que nunca. Se os alertas lançados em outubro, e sobretudo em novembro, quando o processo definhava de forma incompreensível, tivessem despertado os obrigatórios sinais de alarme, talvez a doença pudesse ter sido contida em níveis mais baixos do que aqueles que têm sido atingidos nos últimos dias, e o susto causado pela nova variante teria no presente outro enquadramento entre nós.

Porém, os sinais são cada vez piores. A forma caótica como decorreu a chegada do avião de Moçambique (e que pode testemunhar no seu CM) envergonha o Estado português.
Governo Sales Temido Fim de Ano economia negócios e finanças saúde pandemia repatriamento covid19
Ver comentários