Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Carlos Rodrigues

Bilhete Postal

No fundo, existia uma espécie de soviete de Setúbal.

Carlos Rodrigues(carlosrodrigues@cmjornal.pt) 12 de Maio de 2022 às 00:32
No fundo, existia uma espécie de soviete de Setúbal. Os alertas circulavam pelas mais altas instâncias do Estado, e ninguém parece ter valorizado devidamente a imoralidade e o perigo da situação.

A incrível e triste história da câmara do PCP que colocou cidadãos russos a receber refugiados ucranianos tem uma moral simples, e que ontem o secretário-geral do sistema de segurança interna descreveu muito bem no Parlamento.

Então passa pela cabeça de alguém colocar cidadãos de um país que invade a receber refugiados do país invadido? Um absurdo que mancha gravemente a reputação da cidade de Setúbal. Mais do que para restaurar a normalidade democrática, a queda da câmara é um imperativo categórico para devolver a paz de espírito a todos os setubalenses incomodados com esta situação.

É uma questão de decência.
Postal Setúbal Estado política refugiados
}