Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
3
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Alfredo Leite

O prejuízo compensa

Administradores nomeados pelo Estado na TAP foram os últimos a saber que a companhia aérea tinha atribuído prémios seletivos de mérito.

Alfredo Leite(alfredoleite@cmjornal.pt) 7 de Junho de 2019 às 00:32
Os administradores nomeados pelo Estado na TAP, que controla 50% da empresa, foram os últimos a saber que a companhia aérea tinha atribuído prémios seletivos de mérito no valor de 1,171 milhões de euros a alguns funcionários.

O facto, só por si, já evidenciaria um atropelo grosseiro às mais elementares regras de ‘corporate governance’, que é como quem diz uma quebra de confiança entre pares.



Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas