Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
8
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Aníbal Pinto

Supremacia azul e branca

Até Jorge Jesus já faz lembrar os tempos de Artur Jorge

Aníbal Pinto 9 de Janeiro de 2021 às 00:30
O ano começou com uma correcção na tabela classificativa. O Futebol Clube do Porto, de longe a melhor equipa do campeonato, ultrapassou o Benfica. Há tempos, escrevi que entre salvar-se a si mesmo ou salvar o Benfica, Vieira escolheria Vieira. Quando escrevi, fi-lo, contudo, na convicção de que o Benfica entraria num descalabro financeiro, admitindo, todavia, que, a curto prazo, tivesse algum sucesso desportivo. No entanto, subestimei a incompetência do presidente da SAD encarnada. Vieira conseguiu, este ano, ser simultaneamente um Gil y Gil nas finanças, um Manuel Damásio nos relvados, e um Vale e Azevedo na credibilidade. Até Jorge Jesus já faz lembrar os tempos de Artur Jorge, com a diferença de que este conseguiu fazer boa figura na Champions.
Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês