Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
1
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

António Sousa Homem

Em Moledo, ainda protegidos pelo Inverno

À sexta-feira Moledo prepara-se para receber visitas que vêm ser felizes durante dois dias.

António Sousa Homem 16 de Fevereiro de 2018 às 00:30
Por vezes, reparamos mais neste brilho do mar à beira de Moledo, sobretudo no intervalo dos chuviscos, quando a Ínsua (a fortaleza que resiste ao tempo diante da praia) fica iluminada por aquela derradeira luz galega e minhota de que os poetas já não falam.

Por oposição aos "grandes acontecimentos" que ocupam a imprensa, a crónica da província é feita de coisas insignificantes e de memórias das estações do ano, do ruído das motorizadas no final da tarde de domingo ou ao início do fim-de-semana, quando é sexta-feira e este eremitério de Moledo se prepara para receber visitas que vêm ser felizes durante dois dias, dormir, alimentar-se, folhear livros e jornais, beber 'Água de Melgaço' ou, em casos mais graves, passear entre as giestas dos pinhais.



Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas