Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

António Sousa Homem

Vituperar a aplicação

Dona Elaine garante que a aplicação é uma espécie de cavalo de Tróia.

António Sousa Homem 25 de Outubro de 2020 às 00:30
A minha sobrinha Maria Luísa, a eleitora esquerdista da família, descobriu a palavra "vitupério" depois de olhar bem para o seu telemóvel e de admitir que o primeiro-ministro de Portugal andava "a tramar alguma" porque não era natural que alguém de responsabilidade dissesse, em jejum, o que ele foi ouvido a dizer. Foi nessa altura que lhe disse que não bastava "vituperar a aplicação" que detecta o vírus da Covid mas também limitar a utilização dos próprios telemóveis. Pacientemente, como se faz quando se fala com um velho da minha idade, Maria Luísa explicou-me que a "aplicação" não detecta o vírus, limitando-se apenas a informar-nos que acabámos de nos cruzar com um dos seus portadores.

O assunto ultrapassa-me mas, o aparecimento de uma vaga de inspectores que assaltam os passeantes do areal de Moledo em busca de "aplicações" nos telemóveis, recordou-me o anedotário acerca das "licenças de isqueiros" durante o regime do dr. Salazar. E, tal como acontecia quando o velho Doutor Homem, meu pai, acendia o seu cigarro ‘High Life’ numa esquina da Rua dos Clérigos, ao entardecer, assim apareceria um fiscal que já não pedia a licença de uso de isqueiro, mas que quereria saber se temos connosco "a aplicação". Quando isso ocorreu pela primeira vez, o velho Doutor Homem, meu pai, deixou de usar o seu velho isqueiro Ronson niquelado, um modelo Cadet que trouxera de Inglaterra como recordação sentimental – e, fora de casa, passou a usar fósforos.

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
CM+
O Correio da Manhã para quem quer MAIS conteúdos e vantagens
Assine já 1 mês/1€
  • Todo o conteúdo exclusivo sem limites nem restrições.
  • Acesso a qualquer hora no site ou nas apps.
  • Acesso à versão do epaper na noite anterior.
  • Clube CM+ com vantagens e ofertas só para assinantes