Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Armando Esteves Pereira

Comboios fora da linha

Gastamos tantos milhões nas empresas ferroviárias, mas ainda não conseguimos ver comboios decentes a passar.

Armando Esteves Pereira(armandoestevespereira@cmjornal.pt) 10 de Janeiro de 2022 às 00:31
Portugal tem linha ferroviária há 165 anos, mas agora não tem nenhuma razão para celebrar. A ferrovia portuguesa é muito mais pequena do que há 100 anos e menos eficaz e eficiente. Na comparação internacional, Portugal não está apenas distante dos padrões europeus, está pior do que Marrocos.

Num país que oscila entre o oito e o 80, andamos há décadas a discutir a opção da alta velocidade (TGV), mas nem sequer conseguimos oferecer ligações em velocidade média decente entre as principais cidades nacionais.



Portugal Marrocos economia negócios e finanças transportes transporte ferroviário questões sociais
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
}