Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
1
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Armando Esteves Pereira

Estado negligente

Alguém que conhecesse o terreno e tivesse bom senso, teria evitado que o fogo passasse da Covilhã para Manteigas.

Armando Esteves Pereira(armandoestevespereira@cmjornal.pt) 12 de Agosto de 2022 às 00:31
Quase 5 anos após o fatídico dia de 15 de outubro de 2017, o inferno das chamas voltou a deixar um rasto de destruição na minha terra, no coração da serra da Estrela. Da Covilhã a Manteigas, o incêndio avançou para Gouveia e Celorico da Beira. Na madrugada de ontem, nos casais de Folgosinho, os poucos pastores que restam foram deixados à sua sorte.



Covilhã Estado Estrela Manteigas Folgosinho Gouveia Celorico da Beira acidentes e desastres incêndio
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas