Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
3
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Armando Esteves Pereira

Abuso imoral

Uma subsidiária da Microsoft lucrou 315 mil milhões e não pagou impostos.

Armando Esteves Pereira(armandoestevespereira@cmjornal.pt) 5 de Junho de 2021 às 00:32
Uma subsidiária da Microsoft registada na Irlanda, com endereço num escritório de advogados de Dublin, teve no ano fiscal de 2020 lucros de 315 mil milhões de dólares (cerca de 258 mil milhões de euros, mais 25% do que toda a riqueza gerada em Portugal num ano). E como está fiscalmente domiciliada nas Bermudas não pagou um tostão de impostos em lado algum. A Microsoft Round Island One recolhe os direitos do software da empresa criada por Bill Gates e não tem qualquer funcionário.

Este escândalo revelado por uma investigação do jornal ‘The Guardian’ mostra como as grandes multinacionais conseguem iludir o fisco, prejudicando Estados e sociedades.

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
CM+
O Correio da Manhã para quem quer MAIS conteúdos e vantagens
Assine já 1 mês/1€
  • Todo o conteúdo exclusivo sem limites nem restrições.
  • Acesso a qualquer hora no site ou nas apps.
  • Acesso à versão do epaper na noite anterior.
  • Clube CM+ com vantagens e ofertas só para assinantes