Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Carlos Rodrigues

Bilhete Postal

Equipa portista ganha porque é a mais competente.

Carlos Rodrigues(carlosrodrigues@cmjornal.pt) 9 de Maio de 2022 às 00:33
A forma como a festa se espalha pelo País prova que o FC Porto consolida a sua presença nacional.

A equipa portista ganha porque é a mais competente.

Toda a coreografia do grupo de trabalho é organizada de forma profissional.

Cada um sabe o que tem a fazer, dentro e fora do campo.

A carreira do cérebro daquele grupo de guerreiros mostra como um só homem pode mudar o rumo da História.

Quando Sérgio Conceição chegou ao Porto, o Benfica estava à beira da hegemonia. Hoje, está derrotado e dividido. Em Portugal, só o fenómeno Rúben Amorim dá sinais de que se poderá opor a novo ciclo de supremacia.

Em suma: o título nacional de futebol deste ano é justíssimo. Todo o clube está de parabéns.

Mas o regresso, que parece permanente, ao topo nacional é obra de um homem só.

O moderno FC Porto tem a assinatura de um treinador excecional.
FC Porto futebol desporto
Ver comentários
C-Studio