Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
9
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Carlos Rodrigues

A herança de domingo

Estamos a três dias de umas eleições onde nem a esquerda nem a direita estão plenamente tranquilas com os candidatos que se apresentam.

Carlos Rodrigues(carlosrodrigues@cmjornal.pt) 21 de Janeiro de 2016 às 00:30
Estamos a três dias de umas eleições onde nem a esquerda nem a direita estão plenamente tranquilas com os candidatos que se apresentam.

Faltaram à chamada presidencial, desde logo, aqueles que têm mais experiência executiva. Basta pensar que dois dos mais marcantes chefes de governo, Guterres e Barroso, se apressaram a sair da corrida.

Ora, isto deve dar que pensar. O que fizemos da nossa causa pública a ponto de afastar aqueles que acumularam mais experiência, e que são, supostamente, os mais bem preparados, sobretudo quando está em causa um papel como o de Presidente? Este tema será a principal herança da eleição de domingo.
António Guterres Durão Barroso eleições presidenciais Presidência da República
Ver comentários