Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
3
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

António Jaime Martins

Marcha de protesto

A insatisfação dos Advogados é hoje indisfarçável.

António Jaime Martins 4 de Dezembro de 2019 às 00:30
Os advogados não têm assistencialismo na doença e têm que realizar diligências judiciais mesmo que estejam impedidos por doença. Na verdade, a previdência dos advogados (CPAS) apenas lhes permite a suspensão do pagamento das contribuições durante 6 meses.

Não lhes atribui qualquer abono por doença. Impõe-se por isso, como há muito defendo, a contratação pela Ordem/CPAS de um seguro de baixa médica e por protocolizar com o Governo a inscrição facultativa dos advogados na ADSE.



Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
CPAS política governo (sistema)
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
CM+
O Correio da Manhã para quem quer MAIS conteúdos e vantagens
Assine já 1 mês/1€
  • Todo o conteúdo exclusivo sem limites nem restrições.
  • Acesso a qualquer hora no site ou nas apps.
  • Acesso à versão do epaper na noite anterior.
  • Clube CM+ com vantagens e ofertas só para assinantes