Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
7
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Diana Ramos

Contabilidade semicriativa

Agradar a Bruxelas leva a que agora se levantem as maiores dúvidas sobre quem beneficiou com a perda dos contribuintes.

Diana Ramos 29 de Julho de 2020 às 00:30
O Novo Banco pode repetir várias vezes que a venda de imóveis em pacotes de ativos considerados tóxicos foi "auditada ", "comunicada ao mercado", sujeita a grande escrutínio e com o aval do Fundo de Resolução. Mas há anos que sabemos que, nestas coisas da banca, o melhor é recordar Pompeia: "À mulher de César não basta ser séria.



Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Ver comentários