Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Diana Ramos

Aprender com os erros

Dois dos elos mais fracos do Executivo tiveram frases verdadeiramente suicidas que, mais do que a falta de senso, ilustram impreparação política.

Diana Ramos 16 de Agosto de 2020 às 00:30
Dois dos elos mais fracos do Executivo tiveram frases verdadeiramente suicidas que, mais do que a falta de senso, ilustram impreparação política: depois do ‘drink’ de Graça Fonseca, o relatório não lido [e que afinal são quatro] de Ana Mendes Godinho.

O Presidente tem razão - e imagino que o faça por pedagogia - quando diz à ministra do Trabalho que "é preciso ler todos os relatórios" até porque a Justiça "tem muita matéria para apreciar".



Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Ver comentários