Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
9
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Diana Ramos

A margem e o futuro

O busílis da negociação orçamental é político.

Diana Ramos 22 de Outubro de 2021 às 00:31
A UTAO trouxe para a mesa do debate um número que nos abre outra perspetiva sobre o OE para 2022. O fim das medidas de combate à Covid-19 libertam quase 3 mil milhões de euros. Em que é que isto pode mudar as negociações entre PS e a esquerda? Em muito pouco.

O principal dilema do PS e de Costa é aceitar um recuo de anos em reformas que foram consideradas estruturais para o País de olho na simples viabilização do Orçamento do Estado.



Ver comentários