Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
7
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Diana Ramos

Luta de falcões e pombas

É cada vez mais clara uma divisão interna no seio do supervisor europeu sobre as respostas à crise.

Diana Ramos 23 de Abril de 2021 às 00:31
A presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, até pode tentar dar a imagem de um regulador coeso no combate à crise, mas está longe de transmitir a segurança do antecessor Mario Draghi em momentos de pressão. É cada vez mais clara uma divisão interna no seio do supervisor europeu sobre as respostas à crise: entre os falcões que defendem uma política monetária mais agressiva e as pombas que defendem uma postura mais flexível. Para já, Lagarde assegura que não é ainda tempo de discutir o fim do programa de estímulos do BCE, mas até quando conseguirá segurar os falcões?

O verão será determinante neste braço de ferro e as dúvidas de Lagarde e do vice-presidente do BCE, Luis de Guindos, sobre o regresso do turismo não tranquilizam. O espanhol sabe a importância do verão para as vulneráveis economias do Sul da Europa e a única arma que vislumbra para garantir que países como Portugal e Espanha não se afundem mais é o acelerar da vacinação.

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Ver comentários