Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
2
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Eduardo Dâmaso

O pântano dos cenários

Todos os cenários de governabilidade estão em cima da mesa.

Eduardo Dâmaso(eduardodamaso@sabado.cofina.pt) 29 de Setembro de 2015 às 00:30
Se partirmos das sondagens, todos os cenários de governabilidade estão em cima da mesa. Ninguém atinge a maioria absoluta, o que quer dizer que podemos ter governos para todos os gostos. Uma vitória da coligação pode não chegar para governar com estabilidade. Passos e Portas podem precisar do PS para um Bloco Central alargado. Uma vitória do PS abre idêntico caminho se a solução for governar ao centro. O PS pode, em abstrato, entender-se com o BE, com a CDU e... com o CDS. A coligação extingue-se na noite de domingo e o CDS forma um grupo parlamentar autónomo. O pragmatismo e a necessidade de Portas do poder são ingredientes suficientes para um acordo com Costa. Não olha a custos de longo prazo. O mesmo já não se pode dizer do PS e de Costa. Um governo destes teria custos elevados para o PS. Este caleidoscópio eleitoral, porém, é o estado a que chegámos. E se isto não é um pântano político, vou ali e volto já. 
Ver comentários