Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
3
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Fernanda Cachão

Querida Turquia

Pela boca morre o peixe.

Fernanda Cachão 20 de Outubro de 2015 às 00:30
Pela boca morre o peixe. Quando há uns anos se falou da integração da Turquia na UE, os opositores argumentaram que o país era demasiado pobre, demasiado muçulmano para o clube cristão, demasiado grande e demasiado permeável aos fluxos de emigrantes. Mas o argumento fundamental para países como a Dinamarca, a França ou a Alemanha prendia-se com a liberdade de circulação na privilegiada Europa.

Há menos de duas semanas, Angela Merkel voltou a afirmar o que todos já sabíamos – que era e sempre foi contra a integração europeia da Turquia – mas como tudo na política é tão irrevogável como o irrevogável do outro, em Istambul, à medida que Berlim se afoga na crise dos refugiados, a chanceler deu o dito por não dito. A grande Alemanha está disposta a pagar os milhões que não deu ou perdoou aos seus parceiros para subcontratar espaço para acolher a hecatombe síria em que ninguém é inocente.

Se calhar era melhor Portugal mudar de equação, perdido que está nas imbecilidades domésticas dos últimos dias, uns a quererem esconder que não querem a Europa, outros a contarem demasiado com ela.
opinião Fernanda Cachão
Ver comentários