Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
1
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Francisco J. Gonçalves

Uma guerra escusada

A diplomacia de Joe Biden nega-se na repetida invocação da inevitabilidade da guerra.

Francisco J. Gonçalves 14 de Fevereiro de 2022 às 00:30
A diplomacia de Joe Biden nega-se na repetida invocação da inevitabilidade da guerra. Em nenhum momento se abriu a um compromisso com a Rússia e usa o diálogo para reafirmar posições e não para criar alternativas. A Rússia está encurralada pela expansão da NATO e sente-se justificadamente ameaçada. Não reconhecer o facto é inviabilizar o diálogo.



NATO Joe Biden Rússia Putin política distúrbios guerras e conflitos governo (sistema) agitação civil
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
C-Studio