Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
5
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Francisco Moita Flores

Cheira mal

Este é o governo que pôs um amigo íntimo do Dr. Costa a intervir nos negócios do Estado.

Francisco Moita Flores 7 de Agosto de 2016 às 01:45
Os episódios da viagens dos Secretários de Estado, de alguns deputados, e de mais gente que não se sabe, aos jogos do Euro 2016 é, apenas, um afloramento da verdadeira imundície que habita o aparelho de Estado e para a qual assumimos de vez em quando um espasmo de indignação, mas que segue o seu trilho com a paz que habita no céu dos trafulhas.

Num país sério, esta gente estava toda demitida e a ser investigada criminalmente. Aqui, o Governo diz que vai criar um código de conduta e ponto final. Assunto encerrado. Não admira. Este é o mesmo governo que pôs um amigo íntimo do Dr. Costa a intervir nos grandes negócios do Estado.

É claro que tudo isto tem uns gritinhos de protesto das oposições, mas sem grande convicção, porque a mixórdia é generalizada e cheira mal. O bloco central de interesses é de tal modo promíscuo que apenas se afloram casos mais repugnantes, como o emprego de Portas, ou o de Barroso, e de outros que tais. Porém, se o Ministério Público e a PJ entrassem no mundo das viagens pagas por empresas privadas a dirigentes políticos, a administradores de empresas públicas, das trocas de favores subjacentes a esses prémios, da corrupção que grassa pelo corredores do poder, que não se tenha dúvidas da multidão de criaturas que marchava a caminho da demissão e da prisão.

Não é novidade. A produção da mediocridade instalada revela, de vez em quando, este tipo de dejetos. Este caso só trouxe uma novidade: para a esquerda portuguesa (seja lá isto o que for), há uma corrupção má e outra boa.

Fossem membros de um governo mais à direita, cairia o Carmo e a Trindade. Basta recordar a gritaria no caso do Secretário de Estado da lista VIP da Autoridade Tributária. Desta vez, foram mansinhos. Compreensivos com censura leve. Ou apenas revelando o cinismo que se esconde por detrás da retórica vazia sobre os princípios morais.
Secretários de Estado Governo Costa Barroso Ministério Público PJ
Ver comentários