Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
5
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Francisco Moita Flores

Os castos

As reformas realizadas pelo papa Francisco têm sido ousadas. Mas não são suficientes

Francisco Moita Flores 7 de Agosto de 2022 às 00:30
Igreja está a viver, e vai continuar a viver, um mau bocado, provando do próprio veneno com que doutrinou sobre a sexualidade. Sobre a virtude da castidade para alcançar Deus, cultivando uma rígida moral de observância intimidatória onde o uso do sexo é uma manifestação diabólica.

Do ponto de vista simbólico, a ordenação de sacerdotes impondo o celibato, a exaltação do silêncio sobre regras e comportamentos tributários de uma tradição, que apenas por ser tradição, colocava o sacerdote num patamar próximo da divindade e acima de todos os crentes.



Deus Igreja questões sociais
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas