Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

João Pereira Coutinho

Uma campanha alegre

Sem maioria estável, país tem novas eleições a curto prazo.

João Pereira Coutinho 15 de Janeiro de 2022 às 00:30
Rui Ramos pergunta no ‘Observador’ se as eleições são para esquecer. Boa pergunta: quando olhamos para os três espectros que pairam sobre a nação – a pandemia, a inflação, a regionalização –, constatamos com pasmo que raros se atreveram a discuti-los. Se juntarmos ao trio uma alergia geral à reforma do Estado, é legítimo presumir que teremos mais do mesmo, ganhe quem ganhar.



Rui Ramos Observador Estado política
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas