Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
7

Joaquim Leonardo

A resiliência de Rayan

Devemos manter este episódio na nossa memória coletiva e aprender com ele.

Joaquim Leonardo 10 de Fevereiro de 2022 às 16:05

Rayan, um menino Marroquino de 5 anos foi o protagonista de uma das maiores operações de salvamento, após cair num poço a 32 metros de profundidade.

Através dos media e das redes sociais, o mundo assistiu durante 4 dias e em tempo real aos desenvolvimentos, avanços e recuos dos operacionais Marroquinos. Tudo fizeram com os seus conhecimentos, meios e equipamentos disponíveis, para que Rayan sobrevivesse a uma provação que dificilmente conseguimos imaginar…

O mundo parou e aquilo que os seres humanos têm de melhor gerou uma onda de empatia e solidariedade que nos ligou a ele, à família e a todos os que lutavam pela vida do menino que apenas brincava quando o acidente aconteceu.

Rayan deu-nos uma lição de resiliência pelas horas que sobreviveu num espaço confinado de 40 cm, após cair da altura equivalente a um edifício de 10 andares. Mas o destino determinou que o desfecho fosse o pior de todos. Rayan acabou por não sobreviver a tamanha provação e mostrar que existem coisas que não podemos controlar. Devemos manter este episódio na nossa memória coletiva e aprender com ele.

Descansa em paz Rayan.

Joaquim Leonardo opinião
Ver comentários