Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
7

Joaquim Leonardo

A última oportunidade dos Bombeiros

Nos últimos anos os Bombeiros Portugueses tem sido alvo de uma sistemática subalternização em relação a outros agentes de proteção civil.

Joaquim Leonardo 10 de Fevereiro de 2022 às 16:04

A Liga dos Bombeiros Portugueses tem desde o início do ano um novo executivo, presidido por António Nunes. Nos últimos anos os Bombeiros Portugueses tem sido alvo de uma sistemática subalternização em relação a outros agentes de proteção civil. Tem sido ignorada a pretensão dos Bombeiros num comando autónomo e mantido um sistema de financiamento desajustado e altamente penalizador para as Associações Humanitárias de Bombeiros. Se nada for feito, a identidade dos Bombeiros será cada vez mais degradada e consequentemente o seu desempenho na proteção e socorro das populações será afetado.

O Presidente António Nunes e a sua Equipa, terão agora a missão de "unir, representar e defender" os Bombeiros, conforme prometido na sua candidatura. Recuperar a autonomia através da criação do tão almejado comando autónomo, uma escola nacional de bombeiros para os bombeiros e um modelo de financiamento sério, que permita o desenvolvimento do capital humano  e estratégias de reequipamento para as Associações Humanitárias dos Corpos de Bombeiros, que são hoje a pedra basilar de todo o socorro em Portugal.

Joaquim Leonardo opinião
Ver comentários