Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

José Rodrigues

Antes de o ser já o era...

Marcelo Rebelo de Sousa foi ontem eleito Presidente da República, mas, na verdade, antes de o ser já o era.

José Rodrigues 25 de Janeiro de 2016 às 00:30
Marcelo Rebelo de Sousa foi ontem eleito Presidente da República, mas, na verdade, antes de o ser já o era. A vitória estava anunciada até pelo próprio, que na pré-campanha afirmou: "Daqui a semanas sou Presidente da República."

A única dúvida era se haveria segunda volta, mas os portugueses escolheram à primeira o comentador político que durante largos anos lhes entrou pela casa dentro.

Os seus principais adversários não eram propriamente uma ameaça, mas Marcelo esforçou-se por cimentar a sua vantagem, apresentando-se como o candidato para todos, numa operação de charme em que tudo fez para passar de si uma imagem despretensiosa, comendo da marmita, passando a ferro, penteando cabeleireiras, espalhando simpatia q.b.

Para lá da intenção de ser um Presidente dos afetos, o professor de Direito deixou no ar a ideia de uma cooperação estratégica com o Governo de António Costa.

Mas convém lembrar que o papel do Presidente é de um árbitro, além de que um Chefe de Estado complacente não serve de modo algum o interesse dos portugueses, como estes comprovaram à exaustão nos últimos tempos...
Marcelo Rebelo de Sousa Presidente da República Governo António Costa eleições presidenciais Chefe de Estado
Ver comentários