Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
9
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

José Rodrigues

Ruído das sondagens

Seria a todos os títulos surpreendente, histórico mesmo, que as próximas legislativas dessem a vitória à coligação PSD/CDS, assegurando a sua continuidade.

José Rodrigues 28 de Setembro de 2015 às 00:30
Seria surpreendente, histórico mesmo, porque significaria o puro esquecimento do que o País passou nos últimos quatro anos. Mas é precisamente isso que sugere a maior parte das últimas sondagens, as quais apontam para uma vantagem da coligação, ou para um empate com o PS. Será credível?

É um facto que a austeridade abrandou (à espera de tempo mais propício…), e os ventos têm soprado a favor da coligação, que além do mais beneficiou do silêncio em que envolveu os seus planos para o País, para lá da ineficácia que o PS tem demonstrado sobretudo no período crítico da campanha. Mas não se pode esquecer que a coligação não tem do seu lado aqueles que foram mais duramente atingidos pela receita que tão entusiasticamente aplicou, como desempregados, pensionistas e funcionários públicos, os quais constituem um eleitorado considerável.

E as sondagens? Bem, já não são o que eram (veja-se como falharam na Grã-Bretanha e na Grécia) e surgem cada vez mais como mero ruído extra na campanha.

opinião José Rodrigues eleições PSD coligação
Ver comentários