Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Leonardo Ralha

Um ninho de cucos

A subida ao poder de António Costa deixa-nos a dúvida.

Leonardo Ralha 25 de Novembro de 2015 às 00:41
A subida ao poder de António Costa deixa-nos a dúvida de até onde poderia ir a prometida resposta "das ruas" a um governo de gestão, mas pelo menos traz à lembrança o esquecido filme ‘Voando sobre um Ninho de Cucos’.

Não só por algumas escolhas de ministros do secretário-geral do PS serem dignas do manicómio onde decorria o romance adaptado ao cinema por Milos Forman, com Jack Nicholson a liderar os lunáticos, mas sobretudo por os cucos serem conhecidos por depositarem ovos em ninhos alheios, livrando-se à má fila dos que já lá estavam.

Cabe depois ao infeliz dono do ninho a missão de chocar ovos de cuco, e alimentar crias que nascem, decerto a contragosto se conseguir discernir que os pequenos projetos de ave em nada se parecem consigo.

Mas no caso de António Costa, cujo Governo levanta agora voo do Palácio de Belém, a ironia vai mais longe, pois é certo que outros cucos tiraram proveito do ninho. Nas próximas semanas e meses veremos de que cucos eram os ovos chocados, pois vivemos tempos de bonecas russas (estalinistas ou trotsquistas), que se encaixam umas nas outras.
António Costa PS Milos Forman Jack Nicholson Governo Palácio de Belém
Ver comentários