Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
4
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Leonor Pinhão

O leitão tricolor

Os leitões não tiveram salvação possível ao contrário das enguias que escaparam de boa.

Leonor Pinhão 29 de Maio de 2021 às 00:30
Não foi bonito de se ver, não senhores. Três homens adultos aos murros numa mesa. Ainda para mais foi uma barulheira. A mesa, coitada, sofreu a bom sofrer. Murros atrás de murros e a mesa sempre a sair do sítio, umas vezes mais para a esquerda, outras vezes mais para a direita, umas vezes para a frente, outras para trás a cada murro que recebia no seu tampo massacrado. Foi assim que a imprensa, de um modo geral, noticiou a cimeira dos presidentes dos três maiores clubes portugueses na Mealhada. Frederico Varandas, Pinto da Costa e Luís Filipe Vieira, pela ordem da classificação na última Liga, encontraram-se ao almoço para dar murros nas mesas em sinal de protesto contra as autoridades governamentais e desportivas que, entre outros pecados, obrigaram a indústria do futebol a subsistir durante uma época e meia sem o recurso à bilheteira.

A cimeira do leitão, como o CM noticiou através de um título inspirado, redundou num massacre para a mobília e, naturalmente, também num massacre para os leitões. A cada murro não havia bandeja de leitão que não deslizasse pela mesa ao sabor da intensidade dos golpes de punho dos três presidentes. Que boa ideia, portanto, ter acontecido na Mealhada. Tivesse o almoço ocorrido um bocadinho mais para o lado, na região vareira por exemplo, e, no lugar do leitão tivessem os presidentes optado pela caldeirada de enguias, o chão do restaurante teria ficado numa desgraça porque a caldeirada, ao contrário do leitão que é um prato seco, é um pitéu com molho e não haveria como evitar que todo aquele caldo não se entornasse com tanto murro na mesa. Mas não, felizmente foi na Mealhada que a cimeira se realizou e para além de umas dúzias de batatas fritas cortadas às rodelas (fininhas) que ficaram espalhadas pelo chão no fim do repasto nada de mais grave houve a reportar em termos da higiene do espaço.

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
CM+
O Correio da Manhã para quem quer MAIS conteúdos e vantagens
Assine já 1 mês/1€
  • Todo o conteúdo exclusivo sem limites nem restrições.
  • Acesso a qualquer hora no site ou nas apps.
  • Acesso à versão do epaper na noite anterior.
  • Clube CM+ com vantagens e ofertas só para assinantes