Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
2
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Magalhães e Silva

‘Perp Walk’

O direito/dever de informar tem um tempo, não é dono do tempo todo.

Magalhães e Silva 4 de Fevereiro de 2018 às 00:30
Imagine-se um pároco de freguesia pobre, instalado num vão de escada, algures na Almirante Reis, a receber televisores roubados, que vende pelo preço da uva mijona. Com o lucro, sustenta órfãos e viúvas da paróquia: crime de recetação, obviamente atenuado pela motivação.

Ser informado de factos em segredo de justiça, revelados por quem tem contacto com o processo - o que é crime -, e depois divulga-los, não é recetação, i.



Almirante Reis i.e. crime lei e justiça lei internacional política
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas