Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
2
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Manuel Maria Rodrigues

São o quê?

Triste realidade do DIAP de Lisboa é idêntica de Norte a Sul do País.

Manuel Maria Rodrigues 19 de Novembro de 2019 às 00:30
A edição de domingo do CM mostrou-nos que a 7ª Secção do DIAP de Lisboa está pelas costuras. Ali são tratados os crimes de violência doméstica, abusos sexuais e maus-tratos a crianças no âmbito familiar.

Com 1400 processos pendentes, entram em média porta adentro mais 200 mensais. Para tratar, em termos especializados este flagelo criminal, conta com um poderoso exército de 7 funcionários judiciais, que tratam todos os documentos, procedem às audições dos intervenientes processuais, atendem o público e centenas de telefonemas, assistem os magistrados nas audições de ofendidos, testemunhas e arguidos.



Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas