Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
5
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Mário Nogueira

Condição

A profissão tem sido tão maltratada que muitos transitam de um extremo para o outro, vinculando já perto dos 50 anos.

Mário Nogueira 12 de Abril de 2022 às 00:30
Nos extremos da profissão docente, encontramos motivos distintos de insatisfação: os mais jovens desesperam por um lugar de quadro que dê estabilidade à sua vida pessoal e profissional; os mais antigos não compreendem a ingratidão de quem, vendo-os esgotados, impede a sua aposentação, exceto se, comida a carne, também lhes puder roer os ossos.



trabalho política educação ensino professores governo (sistema) partidos e movimentos
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
C-Studio