Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
3
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Mário Nogueira

Inoperância

Os professores terão de ser os primeiros a indignarem-se.

Mário Nogueira 24 de Novembro de 2020 às 00:30
A incapacidade dos responsáveis do Ministério da Educação para a importante função governativa que desempenham está presente, até, na forma como lidam com as organizações sindicais, sejam de docentes ou de outros trabalhadores das escolas, rejeitando o diálogo e bloqueando a negociação. Para esses governantes, ainda que a lei imponha, não cumprem; ainda que a democracia obrigue, não ligam; ainda que o respeito recomende, não observam.

Uma incapacidade que também se expressa na falta de resposta para problemas que se arrastam e agravam. Em tempo de debate e votação do Orçamento do Estado nem uma só medida foi negociada, com vista a rejuvenescer a profissão, a valorizá-la, a garantir estabilidade aos seus profissionais ou a melhorar as condições de trabalho; em tempo de pandemia, apesar de todas as recomendações que se repetem, nada é feito para superar a insuficiência das medidas de prevenção e segurança sanitária; apesar da gravidade de problemas como a falta de professores nas escolas, é total a inoperância para lhes pôr cobro.

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
CM+
O Correio da Manhã para quem quer MAIS conteúdos e vantagens
Assine já 1 mês/1€
  • Todo o conteúdo exclusivo sem limites nem restrições.
  • Acesso a qualquer hora no site ou nas apps.
  • Acesso à versão do epaper na noite anterior.
  • Clube CM+ com vantagens e ofertas só para assinantes