Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
3
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Mário Pereira

Abel dá lição em Alvalade

Só mesmo o penálti no fim do jogo pareceu estar fora dos planos de Abel.

Mário Pereira 7 de Novembro de 2017 às 00:30
Abel Ferreira, treinador do Sporting de Braga, voltou a pregar uma partida ao Sporting. Esteve a escassos segundos de ganhar a Jorge Jesus em Alvalade, tal como acontecera na época passada.

Dois anos seguidos iria parecer uma assombração. Mas ainda assim saiu do covil do leão com um empate. Inteiramente merecido.

Quem viu o jovem treinador de 38 anos no banco de suplentes em diálogo com o seu adjunto quando estava a perder por 1-0, com o livrinho das táticas na mão, percebe que nada do que aconteceu foi obra do acaso.

Estudou a situação durante alguns minutos, fez uma correta leitura dos acontecimentos, traçou a estratégia e zás, deu a volta ao jogo, com acertadas mexidas.

Só mesmo o penálti num dos últimos lances do jogo pareceu estar fora dos planos. Provou que tem fibra e capacidade para o cargo e por isso está de parabéns.

O tropeção do Sporting na Liga acabou assim por ser o facto de maior relevo da 11ª ronda do campeonato.

FC Porto e Benfica não vacilaram nos seus respetivos jogos, numa fase em que o campeonato volta a sofrer uma pausa de duas semanas para os trabalhos das seleções.

Tempo para o leão lamber as feridas.
Mário Pereira opinião
Ver comentários