Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
2
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Miguel Alexandre Ganhão

Procurador condenado a seis anos por corrupção quer anular julgamento

Utiliza alteração legislativa publicada em dezembro para afastar juíza.

Miguel Alexandre Ganhão(miguelganhao@cmjornal.pt) 26 de Março de 2022 às 00:30
Foi há mais de três anos, que o procurador Orlando Figueira foi condenado a seis anos e oito meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e branqueamento de capitais, violação do segredo de justiça e falsificação de documentos. A corrupção estaria materializada em alegados pagamentos no valor de 760 mil euros realizados pelo ex-vice-presidente de Angola, Manuel Vicente, a que se somaria um convite para ir trabalhar como consultor jurídico no Banco Privado Atlântico do empresário Carlos Silva.



Carlos Silva Orlando Figueira Banco Privado Atlântico Processo Penal Angola Manuel Vicente
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
}