Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
4
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Paulo Fonte

O rei e o seu povo

Isto de ser rei permite ver mais longe, alcançar aquilo que escapa ao olhar dos súbditos.

Paulo Fonte(paulofonte@cmjornal.pt) 1 de Dezembro de 2016 às 01:45
Isto de ser rei permite ver mais longe, alcançar aquilo que escapa ao olhar dos súbditos. Em visita pelo Norte de Portugal, bastaram poucas horas para Felipe VI perceber as mudanças e antever com convicção ventos de bonança ainda não sentidos pelo povo.

Disse então, durante um almoço de Estado, que "já começamos a vislumbrar o final da crise", graças às "reformas levadas a cabo" pelos governos. Antes, Marcelo expressara o seu pensamento, o mesmo "que vai no coração de todos os portugueses, uma admiração e um carinho antigos" pelos reis de Espanha.

E, entre tantos salamaleques, o povo saiu à rua para ver a realeza e para não jurar falso sobre a sua estatura e elegância. Alguns deram vivas à monarquia, como se o regime fosse a solução para todos os males, e ficaram esquecidos os escândalos com infidelidades e a investigação judicial em torno de negócios pouco transparentes.

A taxa de popularidade de Felipe é equivalente à de Marcelo, estes são tempos em que saber ouvir um popular já vale pontos. O desafio da monarquia é demonstrar que é útil ao País, resta perceber se festas a crianças e sorrisos enternecidos a idosos bastam para unir os cidadãos.
Portugal Felipe VI Marcelo Rebelo de Sousa Espanha realeza povo
Ver comentários