Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
2
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Paulo João Santos

O caminho do Diabo

Um padre de Viseu assumiu – e bem - a paternidade de uma menina, mas quer continuar a exercer o sacerdócio, um desejo apadrinhado pelo bispo da diocese.

Paulo João Santos 6 de Abril de 2018 às 00:32
Um padre de Viseu assumiu – e bem - a paternidade de uma menina, mas quer continuar a exercer o sacerdócio, um desejo apadrinhado pelo bispo da diocese. Estranha opção. Estranho consentimento. Apesar de a instituição família ser um dos bens mais sagrados da Igreja Católica, não pode viver com a amada nem a filha, limitando-se a pagar uma pensão de alimentos.



História Inferno padre de Viseu Igreja Católica Igreja Papa Francisco religião questões sociais
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas