Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
4
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Ricardo Baptista Leite

Transportes Seguros

É importante que se continue a pensar no processo de desconfinamento.

Ricardo Baptista Leite 15 de Maio de 2021 às 00:30
É importante que se continue a pensar no processo de desconfinamento, garantindo que existe um sentimento de segurança no regresso à normalidade possível. Não se pode apenas alargar períodos de funcionamento ou decretar a abertura de sectores. É necessário que o desconfinamento seja pensado como um todo e não como pequenas gavetas. Assim, um dos principais objetivos, tem de passar pela melhoria da oferta dos transportes públicos. Dados do primeiro trimestre de 2021 apontam para uma quebra de 60% na utilização dos transportes públicos, na região do Porto e Lisboa, com números a rondar os 42 milhões de passageiros. No entanto, nesta fase de desconfinamento, o verão trará desafios que só podem ser resolvidos com o necessário investimento no setor dos transportes. Se queremos garantir a tão importante retoma do turismo para o nosso país, é urgente reforçar a oferta nos transportes públicos, sejam os comboios, os barcos, ou os autocarros. Temos de estar preparados para sermos visitados e para vivermos em segurança em Portugal. Para muitos os transportes públicos representam uma necessidade, para outros representa uma forma de deslocação no período de férias. Mas, para todos, tem de significar segurança. São passos necessários para reconstruir a confiança no nosso país.
Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Lisboa Seguros Portugal Porto economia negócios e finanças transportes política partidos e movimentos
Ver comentários