Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Ricardo Ramos

O pior está para vir

Se não pode ter Kiev, restam-lhe os escombros fumegantes do Donbass. 

Ricardo Ramos 11 de Abril de 2022 às 00:30
Incapaz de tomar Kiev, a Rússia optou por retirar as suas forças do Norte da Ucrânia e concentrar a sua ofensiva no Leste do país, numa espécie de ‘prémio de consolação’ para a sua desastrada campanha militar. As próximas semanas não serão fáceis para os defensores ucranianos na região e adivinham-se novas atrocidades contra a população civil em busca de um até agora ilusório sucesso no campo de batalha.



Praça Vermelha Kiev Rússia Norte da Ucrânia Leste Alemanha Putin Nazi
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas