Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
1
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Rui Hortelão

Culpados, só os outros

Todos são chamados a trabalhar, só os responsáveis pelo erro ficam de fora.

Rui Hortelão 28 de Setembro de 2015 às 00:30
Ministério da Administração Interna esqueceu-se de escrever ‘Portugal’ na morada que imprimiu nos envelopes através dos quais os emigrantes vão votar. O lapso está a pôr em risco a chegada até 14 de outubro – dia limite para os círculos do estrangeiro – de milhares de votos. Como é hábito, nem uma palavra sobre a culpa e muitas medidas de controlo de danos. "Foi instruída a rede consular e contactados os CTT para que todas as medidas fossem tomadas junto dos serviços postais". Ou seja, todos são chamados a trabalhar, só os responsáveis pelo erro ficam de fora.

Já em agosto, a Administração Local de Saúde do Norte nomeou uma dirigente que tinha falecido. Reação ao erro? Sublinhar que não houve ilegalidade e informar que a situação já estava a ser regularizada.

Como é próprio da cultura da desresponsabilização, em ambos os casos, nem ouvir falar de consequências ou penalizações. É a mesma lógica que reduz a meritocracia a um conceito teórico, que cultiva níveis baixíssimos de auto-exigência. E enquanto assim for nunca deixaremos de ser o que somos.

opinião rui hortelão culpados