Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
4
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Teófilo Santiago

‘Modas’ e meios

Investimento da PJ no combate ao tráfico de droga é essencial.

Teófilo Santiago 15 de Janeiro de 2016 às 01:45
Falar, hoje em dia, sobre o tráfico de estupefacientes será, para alguns ‘entendidos’, bafiento e fora do tempo. Nada mais errado!

Durante mais de duas décadas, foi no combate ao tráfico de drogas que as polícias de investigação de todo o Mundo concentraram a sua atenção e meios, por verem nele um perigo para a saúde pública e com consequências catastróficas nas economias mundiais, por ser um suporte e a força motriz do crime organizado, dos terrorismos e das muitas formas de criminalidade de massas que gravitam à sua volta.

Depois, não certamente porque este fenómeno tenha diminuído de intensidade e malefícios, foi progressivamente diminuindo de notoriedade no espaço mediático, e isso parece ter contagiado a Polícia Judiciária, que percorreu o mesmo percurso, desinvestindo numa área onde, contra tudo, continua a obter resultados que contribuem de forma decisiva para o prestígio de que, ainda, goza.

Arguir, à boca pequena, que faltam meios – nesta e noutras áreas de investigação - não desculpa nem resolve o problema. Se a "manta" é curta, exija-se uma maior, ao invés de, reverencialmente, "encolher os pés, pôr boa cara e... fazer de conta"!
Mundo Polícia Judiciária política
Ver comentários