Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
9

João Ferreira

Perder peso com a tecnologia

Novos tratamentos e cirurgia facilitam a missão de ter um corpo em forma

João Ferreira e Marta Ribeiro da Silva 19 de Julho de 2015 às 15:00

Há cada vez mais alternativas às dietas rigorosas para perder peso e estar em forma. A hipnose é uma solução em voga. Os pacientes são levados até um lugar seguro  na própria mente e umas mãos imaginárias colocam uma banda vermelha a reduzir o estômago. Com três meses de tratamento pode-se perder entre 20 

a 30 kg. Os métodos cirúrgicos também estão menos agressivos e já é possível fazer uma lipoescultura e voltar para casa no mesmo dia. Em alternativa, já há equipamentos que permitem eliminar gordura de forma não invasiva. "Em dois meses conseguem-se os resultados de um ano de dietas e ginásio", diz o nutricionista Tomás Barbosa. O Liposhaper Ver cria uma permeabilidade da membrana do adipócito, fazendo com que a gordura em excesso seja eliminada de forma natural entre 30 a 60 dias. Outro tratamento não cirúrgico é o Coolsculping, que congela as células gordas até aos 7 graus negativos sem danificar a pele ou os músculos. Remove entre 20 a 25% de gordura na zona tratada numa única sessão.

 

Sociedade Bit

Sistema Android na mira do crime

Segurança risco aumenta em sistema mobile do google

No primeiro trimestre do ano foram detetados mais de 440 mil novos programas maliciosos para o Android, sistema operativo da Google usado em tablets e telemóveis. Mais de metade destina-se a roubar dinheiro dos utilizadores, sem que estes se apercebam, diz um relatório de segurança do GData.

falar global tecnologia perder peso dietas cirurgia
Ver comentários