Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Manuel Catarino

A prova do crime

O que é suficiente para convencer quem acusa pode não chegar para quem julga.

Manuel Catarino 6 de Fevereiro de 2014 às 00:30
Não está escrito no destino da investigação criminal que todos os crimes têm de ser resolvidos. Todas as polícias do Mundo têm um doloroso arquivo de crimes sem autor e sem castigo. A Polícia Judiciária não foge à regra. Entre os processos por esclarecer estão alguns homicídios – o pior dos crimes. Ao fim de um ano e dois meses, o Ministério Público conseguiu por fim acusar Ana Saltão – a inspetora da Polícia Judiciária suspeita de ter assassinado com 14 tiros de pistola a avó do marido.



ana saltão polícia judiciária ministério público
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
C-Studio