Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
3
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Mário Nogueira

Frei Tomás

Quanto à despesa pública, a educação deverá quedar-se pelos 13,1%.

Mário Nogueira 27 de Outubro de 2020 às 00:30
Na passada quinta-feira, em reunião da Global Education, a diretora-geral da UNESCO, Audrey Azoulay, afirmou que o investimento na Educação não é um sacrifício nem um custo e que se não o fizermos agora, o futuro será triste e sombrio.

Nesta reunião, que contou com a presença de ministros e representantes de organizações internacionais, Portugal esteve representado pelo Presidente da República e pelo ministro da Educação, tendo este afirmado ser importante um compromisso global que passe por investir mais e melhor e subscrito uma Declaração em que se apela os países que atribuam à Educação 4% a 6% do seu PIB ou 15% a 20% dos seus gastos públicos.

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
CM+
O Correio da Manhã para quem quer MAIS conteúdos e vantagens
Assine já 1 mês/1€
  • Todo o conteúdo exclusivo sem limites nem restrições.
  • Acesso a qualquer hora no site ou nas apps.
  • Acesso à versão do epaper na noite anterior.
  • Clube CM+ com vantagens e ofertas só para assinantes