Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1

Sem código nem ética

Em abril do ano passado o Governo decidiu comunicar "mais e melhor com os cidadãos" e alargou a presença nas redes sociais
Alfredo Leite(alfredoleite@cmjornal.pt) 11 de Maio de 2021 às 00:33
Em abril do ano passado o Governo decidiu comunicar "mais e melhor com os cidadãos" e alargou a presença nas redes sociais. Fê-lo sem atualizar o ‘Código de Conduta do Governo’, adequando-o às redes e sem criar uma norma que regulamentasse a forma como governantes devem comunicar na nova média.

Este vazio permite desferir, sem consequências, ataques soezes como aquele que João Galamba protagonizou ao considerar "estrume" um programa informativo da RTP. A falta de regras nas redes não é exclusivo do Governo.

De Rio a Ventura, passando por Nuno Melo, muitos surfam a onda trauliteira no Twitter, Facebook e quejandos. Quem deveria ser exemplo de cidadania não pode colocar-se ao nível do malandreco de pacotilha. Se o Governo – e alguns partidos – adiarem esta regulação veremos agravar-se inaceitavelmente o ódio nos novos espaços sociais.
Governo economia negócios e finanças media
Ver comentários