Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
8

Mordaças

Como é possível acreditar na bondade do Estado e do Governo?
Eduardo Dâmaso(eduardodamaso@sabado.cofina.pt) 8 de Junho de 2021 às 00:33
Num País onde vários governos utilizaram a sua influência para destruir órgãos de comunicação social, impondo às grandes empresas sob a sua alçada direta ou indireta a proibição de investir publicitariamente nos seus alvos, como é possível acreditar na bondade daquele artigo 6º da Carta de Direitos Humanos na Era Digital!?

Num País onde essas práticas sobrevivem de forma encapotada, como é possível acreditar na bondade do Estado e do Governo!?
Num País onde os governos quintalizaram a ERC através dos seus homens de mão, incluindo jornalistas e a necessária quota de ‘académicos’ do jornalismo que, no entanto, nunca se distinguiram por saber escrever notícias, como é possível acreditar?

Num País onde há tribunais que aceitam mordaças dirigidas seletivamente a títulos e grupos de comunicação, que aplicam sentenças com indemnizações punitivas pela simples utilização de um adjetivo mais pesado em colunas de opinião, vamos acreditar que aquele artigo 6º é reformável e que o legislador está cheio de boas intenções!?

Num País em que a indústria do fact-checking é paga pelos próprios prevaricadores, vamos entregar-lhes um poder de emissão de um selo de qualidade? Nada disto me parece aconselhável.
País Era Digital economia negócios e finanças política questões sociais media regulamentação
Ver comentários