Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1

A auditoria às sondagens

Temos confiança total no barómetro, e ele vai regressar.
Editorial CM 30 de Outubro de 2021 às 00:33
O documento final de análise às sondagens efetuada pela equipa do professor Luís Valente Rosa despertou a atenção de mais de 12 mil pessoas só no nosso site. Isso prova que a qualidade dos estudos de opinião preocupa a comunidade. Consideramos que foi um passo importante a auditoria feita em conjunto com a Intercampus e com a Apodemo, associação do setor.

O relatório valida a dimensão das amostras e o método de recolha de dados. A distância temporal entre o trabalho de campo e a publicação dos resultados, em matérias políticas, deve encurtar. Passará a haver um máximo de 7 dias entre os dois momentos. A informação sobre o número de indecisos em cada estudo vai ser reforçada. Sempre que necessário, os autores farão o enquadramento dos resultados.

As sondagens são um instrumento fundamental para conhecermos a realidade, ainda mais em tempos de crise como este.

Em suma: desafiámos a Intercampus a retomar o trabalho já em novembro. O presidente da empresa, António Salvador, aceitou o desafio.

Temos confiança total no barómetro da Intercampus para o CM e para a CMTV. É essa confiança que nos dá as garantias de qualidade que os leitores do Correio da Manhã merecem.
Ver comentários