Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
6

Da vacina à ‘bazuca’

Permaneceremos independentes, exigentes, corajosos.
Editorial CM 2 de Janeiro de 2021 às 00:32

No ano da vacina, que tem de chegar aos necessitados, e da ‘bazuca’, que deve servir o interesse público, o CM reafirma aos seus Leitores o nosso sagrado pacto: permaneceremos independentes, exigentes, corajosos. Na busca do rigor. Sempre ao serviço dos cidadãos. Humildes perante o erro.

Continuaremos a escrutinar os poderes; a investigar denúncias; a verificar contas. Nessa demanda pela transparência, chega às nossas páginas Paulo de Morais. Vulto da cidadania, aplicará a sua lupa sobre todos os movimentos suspeitos no domínio público.

Essencial será a nova coluna de Eugénio Rosa. Este economista, com matriz de Esquerda, é um respeitado analista macroeconómico. Propomos, imperdível, o seu espaço ‘Acerto de Contas’.

A revista ‘Vidas’ lançará uma nova página, com o olhar mordaz de Miriam Assor sobre o vórtice das revistas especializadas em figuras públicas sortidas.

Cara Leitora, Caro Leitor, 2021 irá reforçar a vantagem dos que têm boa informação. Só possível com o trabalho de grandes equipas especializadas. Para mantermos a capacidade noticiosa, que nos faz líderes em todas as plataformas, o CM irá fechar mais conteúdos digitais, e ver-se-á forçado a aumentar ligeiramente o seu preço de capa em alguns dias da semana. Para esta necessidade, agradecemos a compreensão e apoio da nossa imensa comunidade de consumidores de informação.

Feliz 2021! Um abraço grato!

Cara Leitora política economia negócios e finanças autoridades locais tecnologias de informação media
Ver comentários