Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
2

Jornalismo em nome da liberdade

Eis os princípios fundamentais que guiam o Correio da Manhã.
Carlos Rodrigues(carlosrodrigues@cmjornal.pt) 8 de Agosto de 2021 às 00:31
Esta é uma época histórica em que o jornalismo livre e independente enfrenta inimigos poderosos.

À secular tentação do poder de procurar o silenciamento de todo o escrutínio jornalístico juntaram-se outros perigos.

A pirataria e as multinacionais da internet ameaçam a sobrevivência dos projetos jornalísticos profissionais através da distribuição ilegítima de conteúdos.

Em Portugal, temos ainda um outro inimigo, mais conjuntural, porém não menos inquietante. Falo do odioso artigo 6º da Carta de Direitos Humanos na Era Digital, que tenta estabelecer uma nova censura. Em boa hora o Presidente da República decidiu intervir, suscitando o debate sobre a óbvia inconstitucionalidade da medida.

É no meio desta tormenta que o Correio da Manhã prossegue a epopeia da liberdade.

Lado a lado com os nossos leitores nas mais variadas plataformas. Servir essa grande comunidade de cidadãos livres consumidores de informação é a razão da nossa existência.

No dia em que a nova direção se estreia no cabeçalho do jornal, é importante partilhar consigo o nosso Estatuto Editorial.

Este documento contém os princípios fundamentais que vão continuar a guiar o seu Correio da Manhã.
Ver comentários