Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

PSD votará a favor da resolução do CDS que pede rejeição do Programa de Estabilidade

Fernando Negrão afirma que o partido também não está de acordo com o documento.
Lusa 26 de Abril de 2018 às 13:24
Fernando Negrão é líder parlamentar dos sociais-democratas
Fernando Negrão assume liderança de uma bancada parlamentar em convulsão por causa do presidente do PSD, Rui Rio
Fernando Negrão
Fernando Negrão concorre contra o candidato proposto pelo PS, Eduardo Ferro Rodrigues
Fernando Negrão é líder parlamentar dos sociais-democratas
Fernando Negrão assume liderança de uma bancada parlamentar em convulsão por causa do presidente do PSD, Rui Rio
Fernando Negrão
Fernando Negrão concorre contra o candidato proposto pelo PS, Eduardo Ferro Rodrigues
Fernando Negrão é líder parlamentar dos sociais-democratas
Fernando Negrão assume liderança de uma bancada parlamentar em convulsão por causa do presidente do PSD, Rui Rio
Fernando Negrão
Fernando Negrão concorre contra o candidato proposto pelo PS, Eduardo Ferro Rodrigues
O PSD vai votar esta quinta-feira a favor do projeto de resolução do CDS-PP que propõe a rejeição do Programa de Estabilidade do Governo, anunciou o líder parlamentar social-democrata, Fernando Negrão.

"Votaremos a favor do projeto do CDS", disse, questionado pelos jornalistas, no parlamento, confirmando ainda que o PSD irá votar contra os projetos do BE e do PCP sobre o mesmo documento.

Já em 2016 e 2017 os sociais-democratas votaram ao lado do texto dos democratas-cristãos, que de ambas as vezes defendeu a rejeição do Programa de Estabilidade.

Este ano o PSD apresentou o seu próprio projeto de resolução a propósito do Programa de Estabilidade do executivo liderado por António Costa.

O projeto do PSD, intitulado "Por uma alternativa de Mais Crescimento e Melhor Estado", recomenda ao Governo que prossiga a redução do défice e da dívida, mas com "outro caminho de consolidação orçamental, mais saudável e sustentável", e que desenvolva e implemente "efetivas reformas". Os sociais-democratas nunca propõem, contudo, a rejeição do documento.

As várias resoluções sobre o Programa de Estabilidade e o Programa Nacional de Reformas serão votadas esta quinta-feira ao final do dia, depois de ambos os documentos terem sido debatidos na terça-feira na Assembleia da República.

Todos os projetos de resolução deverão ter 'chumbo' garantido: os do PSD e do CDS-PP pelos votos da maioria de esquerda e os do BE e do PCP por contarem com a oposição do PS.
Ver comentários