Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

"45 anos a comer arroz": PSD do Seixal alvo de processo por cartaz com Mao Tse Tung

Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial recebeu duas queixas por "ato xenófobo".
Correio da Manhã 14 de Setembro de 2021 às 12:53
"45 anos a comer arroz": PSD do Seixal alvo de processo por cartaz com Mao Tse Tung
'45 anos a comer arroz': PSD do Seixal alvo de processo por cartaz com Mao Tse Tung FOTO: Twitter
A Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial (CICDR) instaurou um processo ao candidato do PSD à Câmara do Seixal, Bruno Vasconcelos, após receber duas denúncias devido a um cartaz publicado numa rua da cidade.

O placar em questão tem Mao Tse Tung em grande plano, acompanhado pela frase: "Depois de 45 anos a comer arroz, vais votar nos mesmos de sempre? Mao, Mao, Maria".

Os queixosos entendem que esta expressão é "diminuidora da cultura chinesa" por "discriminar o povo chinês, sendo assim um ato xenófobo", relata o jornal I

Os denunciantes alegam ainda que a frase que acompanha o antigo líder chinês minimiza "as dificuldades que os chineses passaram durante várias lutas e guerras que enfrentaram, o que os obrigou a subsistir com base no arroz".
A CICDR enviou algumas perguntas ao candidato do PSD para que este explicasse a associação entre o arroz e o povo chinês.

Bruno Vasconcelos acredita que esta é uma acusação "sem qualquer sentido", além de se revelar uma "tentativa de limitação". O candidato do PSD considera que é "uma tentativa de tirar a atenção (...) às atrocidades do Comunismo e a idolatria do PC a estas figuras". Bruno Vasconcelos diz ainda que "comer arroz" é "uma expressão corriqueira, usada entre amigos, como sinal de repetição".

O PSD do Seixal tem publicado, ao longo da campanha para as próximos eleições autárquicas, alguns cartazes contra o regime comunista.
Ver comentários